terça-feira, 22 de maio de 2018

Ana Saragoça - Todos Os Dias São Meus [Opinião]


Sinopse: AQUI

Opinião: Um policial delicioso é o que me apraz dizer desta obra, a primeira, pelo que pude apurar, de Ana Saragoça. É também uma história invulgar na medida que se desenrola sobre vários questionários aos moradores de um prédio. Assim, o ponto forte da trama reside, precisamente, no desenvolvimento das personagens. 

O crime tem lugar no elevador do prédio e é um acontecimento marcante, embora descrito com grande sensibilidade. Até alguns momentos de cariz mais eróticos são descritos com requinte, o que me cativou na escrita da autora.
Portanto, fãs de tramas fortes, repletas de violência, sentir-se-ão desapontados, não obstante achar que o tom irónico com que é escrita a história supera esta avidez de elementos gráficos. 

Sobre as personagens, a componente que mais gostei na obra, tenho algumas considerações a fazer, 
Começo, evidentemente, por falar na porteira. Um retrato tão real e caricato das antigas porteiras que se inteiravam pela vida dos residentes. As suas considerações são castiças e, decididamente, foram nos seus testemunhos que eu esboçava sorrisos. Uma sensação que não costumo ter aquando leio policiais.
Outro aspecto que achei incomum é a desvalorização do detective, personagem que assume maior relevância nas tramas policiais. Aqui, a identidade deste é praticamente irrisória, fazendo com que os possíveis suspeitos manifestem um papel fulcral no deslindar deste invulgar caso. 
Confesso que à medida que ia folheando as páginas, tornava-se tão impreterível saber mais sobre as personagens como a resolução do crime.

Todos os Dias São Meus é um livro muito interessante, que retrata a sociedade portuguesa, de uma forma caricata. Com pouco mais de 100 páginas, é uma obra que pode ser lida numa assentada. Além de nos arrancar algumas gargalhadas, o suspense não se desvanece e promete umas horinhas de bom entretenimento. 

Segundo constatei, Todos os Dias São Meus já fora publicado e passou-me ao lado. Em boa hora, a editora Planeta reeditou esta obra. Foi uma boa surpresa. E o mais importante, é nacional! 


segunda-feira, 21 de maio de 2018

Cass Green - A Casa na Floresta [Divulgação TopSeller]


Data de publicação: 21 Maio 2018

               Título Original: In a Cottage In a Wood
               Preço com IVA: 17,69€ 
               Páginas: 304
               ISBN: 9789898917027

Sinopse: Um estranho encontro,
Um presente inesperado,
Um segredo perverso...

Numa noite gelada, ao regressar a casa, Neve Carey é abordada por uma mulher estranha e perturbada, na ponte sobre o rio Tamisa, que lhe entrega um envelope, lançando-se de seguida para as águas do rio.
Duas semanas mais tarde, numa altura em que a sua vida está cada vez mais caótica, Neve descobre que a mulher que se suicidou à sua frente lhe deixou de herança uma casa na Cornualha, o que parece ser a solução perfeita para os seus problemas.
Neve decide então mudar-se sozinha para a casa, mas, assim que lá chega, arrepende-se. Fica no meio de uma floresta sombria, tem um aspeto sinistro, com grades nas janelas, e coisas bizarras começam a acontecer. Em pouco tempo, a casa dos seus sonhos transforma-se no seu pior pesadelo. E a verdade é que esta esconde um segredo perverso... que mudará para sempre a vida de Neve.

Sobre a autora: Cass Green é uma autora bestseller internacional de thrillers psicológicos. Recebeu vários prémios literários como escritora de ficção para jovens adultos, assinando com o nome Caroline Green.
O seu primeiro thriller, The Woman Next Door, foi n.o 1 de vendas em e-book, e o segundo, A Casa na Floresta, foi bestseller do USA Today e do Sunday Times.
Cass Green é jornalista há mais de 20 anos, tendo colaborado com vários jornais e revistas. Vive atualmente em Londres com a família.

Imprensa
«Um thriller envolvente, que se lê de um só fôlego, com um final inesperado. Maravilhoso!»
Psychologies 

«Um thriller cativante, muito bem escrito e inundado de um sentimento delicado e crescente de ameaça que desemboca num climax de arrasar os nervos.» 
Eva Dolan

terça-feira, 15 de maio de 2018

Karen M. McManus - Um de Nós Mente [Divulgação Gailivro]


Data de publicação: 15 Maio 2018

               Título Original: One Of Us Is Lying
               Preço com IVA: 18,90€ 
               Páginas: 336
               ISBN: 9789892341989

Tem como título original One of Us is Lying, é o romance de estreia da norte americana Karen McManus e está a ser um dos grandes sucessos editoriais nos Estados Unidos, em parte porque agradou, e muito, aos jovens (e não tão jovens) fãs de fenómenos como o filme dos anos 80 The Breakfast Club (por cá conhecido como “O Clube”) e a série de TV “Pequenas Mentirosas”, inspirações que a autora não nega.

Além disto, desde que foi lançado, em meados do ano passado, está a fazer furor nas redes sociais e na blogosfera afetas a este tipo de literatura. Em Portugal o livro chega hoje, 15 de maio, às livrarias, pela mão da Gailivro, chancela da LeYa, e chama-se Um de Nós Mente.
Engane-se quem achar que a classificação de YA (Young Adult ou Jovem Adulto) o fará ser lido apenas por adolescentes. Os centos de milhares de leitores que já o leram descobriram um thriller irresistível para diversos tipos de leitores.

Até hoje o livro já vendeu mais de 120 mil exemplares nos EUA, estando os direitos de publicação vendidos para mais de 35 países. Desde que saiu, One of Us is Lying está nos principais tops internacionais, a par de autores como John Green, e ainda agora, quase um ano após a sua saída, se mantém no 5º lugar da lista do New York Times dos mais vendidos na categoria YA.

Sinopse:  A história é simples: Simon Kelleher é o criador do Má-Língua, uma nova aplicação que está a encurralar a elite de Bayview High, revelando pormenores da vida privada dos alunos da escola. Mas o caso torna-se mais grave quando Simon e quatro colegas ficam fechados de castigo numa sala, e ele morre diante das suas vítimas. Os quatro que se tornam suspeitos imediatos do homicídio são: A melhor aluna da escola, BRONWYN, que nunca viola uma regra e quer entrar em Yale. A estrela da equipa de basebol de Bayview, COOPER. NATE, o criminoso, que está em liberdade condicional por vender droga. A menina bonita, ADDY, que parece ter a vida perfeita ao lado do namorado perfeito. Que segredos queriam esconder para eliminar Simon?
Quem será o culpado?

Sobre a autora: Karen M. McManus estreou-se na escrita com Um de Nós Mente, um romance que é bestseller do New York Times desde a data da sua publicação. McManus licenciou-se em Inglês, pelo College of the Holy Cross, e fez o mestrado em Jornalismo, na Northeastern University. Vive em Cambridge, Massachusetts, e quando não está a trabalhar ou a escrever, gosta de viajar com o seu filho.
Para saber mais sobre a autora, visite o site karenmcmanus.com, ou siga-a no Twitter em @writerkmc.


segunda-feira, 14 de maio de 2018

Sara Blædel - Mulheres da Noite [Divulgação TopSeller]


Data de publicação: 21 Maio 2018

               Título Original:
               Preço com IVA: 18,79€ 
               Páginas: 368
               ISBN: 9789898869999

Sinopse: Ninguém sabe exatamente quem é a mulher que aparece degolada numa das zonas mais mal frequentadas de Copenhaga. Quando a inspetora Louise Rick chega ao local, rapidamente percebe que se trata de uma prostituta. Na Dinamarca, no entanto, a prostituição é legal e não anda de mãos dadas com o crime. 
Quem estará, então, por detrás desta morte? Isso é o que a imprensa quer saber, e o caso torna-se rapidamente mediático.
Quando Louise recebe um telefonema da sua amiga jornalista Camilla Lind, pensa que ela quer informações acerca do crime. Mas o que Camilla lhe quer contar é que encontrou um bebé embrulhado numa toalha, no interior da igreja que frequenta. E o bebé não tinha um dos dedos do pé.
Estarão ambos os casos relacionados? Conseguirá Louise resolvê-los aos dois? E será que o que está a acontecer em Copenhaga tem ramificações ainda maiores?

Sobre a autora: Sara Blaedel iniciou a sua carreira como fundadora de uma editora especializada em policiais e thrillers. Este trabalho aproximou-a do jornalismo, onde acabou por cobrir uma vasta gama de histórias e julgamentos penais. Foi nesta altura — e enquanto esquiava na Noruega — que começou a imaginar a trama do seu primeiro romance, Green Dust, com o qual venceu o The Danish Crime Academy’s Debutant Award, o primeiro de inúmeros prémios na sua carreira. 
As Raparigas Esquecidas, publicado pela Topseller em 2016, é o seu livro mais aclamado, e foi galardoado em 2015 com o Gyldne Laurbær, o mais importante prémio literário da Dinamarca. Ainda em 2016, a Topseller publicou O Trilho da Morte, também muito bem recebido pela crítica.
Com 1,8 milhões de livros vendidos na Dinamarca, a imprensa e os fãs nomearam-na por quatro vezes A Rainha Dinamarquesa do Thriller. Os seus livros são bestsellers internacionais e já foram publicados em 33 países.

Imprensa
«Um thriller realista ao ponto de incomodar, que brilha com uma prosa limpa e um suspense continuado.» 
Booklist

 

ATENÇÃO, FÃS DE THRILLERS: A Rainha Dinamarquesa do Thriller vai estar na Feira do Livro de Lisboa!


A Rainha Dinamarquesa do Thriller vai estar pela primeira vez na Feira do Livro de Lisboa, nos​ dias 26 ​(15h-18h) ​e 27 de maio​ (15h-17h).​

T​odos os anos na Feira do Livro de Lisboa, a Topseller presenteia os seus leitores com grandes nomes da literatura internacional. Depois de M. J. Arlidge e Paula Hawkins, este ano os leitores portugueses vão ter a oportunidade conhecer e conversar com a Rainha Dinamarquesa do Thriller — Sara Blaedel. 

Sara Blaedel, que já vendeu 1,8 milhões de livros só na Dinamarca, num universo de 5,6 milhões de habitantes, foi distinguida por quatro vezes como a mais popular escritora dinamarquesa e, em 2015, ganhou o mais prestigiante e importante prémio literário atribuído a autores dinamarqueses: o De Gyldne Laurbaer. Os seus livros são bestsellers internacionais e já foram publicados em 37 países.

Agora, vai estar pela primeira vez em Lisboa para dar entrevistas, falar com os leitores e autografar livros naquele que é o maior certame literário do país: a Feira do Livro de Lisboa.
Elogios:
«Sara Blædel é incrivelmente talentosa em manter o leitor preso ao livro mesmo quando este preferiria desviar o olhar nas cenas mais gráficas. Recomendado para fãs de Camilla Läckberg.» Library Journal
«Uma protagonista inteligente que luta contra os seus próprios medos e defeitos, numa história contada de forma muito hábil, ao estilo negro do thriller nórdico.»
Booklist
«Consegue descrever crimes terríveis de modo absolutamente genial e envolvente. Um realismo intransigente que revela o thriller no seu melhor.»
The Washington Post
Sobre Sara Blaedel:
Sara Blædel iniciou a sua carreira literária como fundadora de uma editora especializada em policiais e thrillers. Este trabalho aproximou-a do jornalismo, onde acabou por cobrir uma vasta gama de histórias policiais e julgamentos. Foi nessa altura – e enquanto esquiava na Noruega – que começou a imaginar a trama do seu primeiro romance, Green Dust, com o qual venceu o primeiro de inúmeros prémios, The Danish Crime Academy’s Debutant Award.
As Raparigas Esquecidas (Ed. Topseller, 2016) é o seu livro mais aclamado, o qual foi contemplado em 2015 com o Gyldne Laurbaer, o mais importante prémio literário da Dinamarca. Os seus livros são bestsellers internacionais e já foram publicados em 37 países.
Saiba mais sobre a autora em sarablaedel.com.


Greer Hendricks & Sarah Pekkanen - A Mulher Entre Nós [Divulgação Suma de Letras]


Data de publicação: 15 Maio 2018

               Título Original: The Wife Between Us
               Preço com IVA: 18,90€
               Páginas: 454
               ISBN: 9789896655471

Sinopse: Aos 37 anos, a recém-divorciada Vanessa está no fundo do poço. Deprimida, a morar no apartamento da tia, sem filhos, dinheiro ou amigos verdadeiros. Richard, o seu carismático e rico marido, era tudo para ela. Mas, ao descobrir que ele está prestes a voltar a casar, algo dentro de Vanessa se rompe. A partir de agora, na sua vida, só existirá uma única obsessão: impedir esse casamento. Custe o que custar. Nellie parece uma jovem qualquer, bela e sonhadora, que chega a Manhattan para começar a sua tão sonhada vida adulta. Mas a personalidade tranquila que ostenta é apenas uma fachada. Na sua cabeça perdura um segredo que a fez fugir da sua cidade natal e que a impede de caminhar sozinha para casa. Ao conhecer Richard - bem-sucedido, protector, o homem dos seus sonhos -, Nellie finalmente começa a sentir-se segura. Ele promete protegê-la de tudo para o resto de sua vida. Mas, de repente, começa a receber chamadas misteriosas. Algumas fotografias são mudadas de lugar no seu quarto. O lenço que planeava usar no seu casamento desaparece. Alguém a está a perseguir, alguém quer o seu mal. Mas quem?

Sobre as autoras: Greer Hendricks trabalha como editora de livros há mais de duas décadas. Também colabora com The New York Times e Publishers Weekly. A Mulher Entre Nós é seu primeiro romance.

Sarah Pekkanen
era jornalista de investigação antes de se tornar autora de diversos best-sellers. Já escreveu para o Washington Post e o USA Today.


Imprensa
«Surpreendente. Inesquecível. Chocante.»   
Publishers Weekly
 
«Um thriller muito inteligente.» 
New York Times Book Review
 
«Uma ex-mulher irritada persegue uma jovem e inocente noiva que é uma cópia do seu antigo eu ... ou assim parece. Uma vez que o leitor descobre que não pode ser só isso, a diversão é tentar descobrir a história antes de chegar ao fim. Nós não conseguimos! Fácil de ler, bem construído.»
Kirkus Reviews
 
«Os leitores vão adorar o ritmo vertiginoso, as voltas e reviravoltas enquanto tentam decidir de quem suspeitar até que o suspense os leva a uma conclusão totalmente inesperada.»
Booklist
 
«A Mulher Entre Nós tem uma premissa deliciosamente inteligente e é psicologicamente engenhoso.»
USA Today



quarta-feira, 2 de maio de 2018

Margery Allingham - Estrada Para A Morte [Divulgação Colecção Vampiro]


Data de publicação: 3 Maio 2018

               Titulo Original: Mystery Mile
               Tradução: A.S Soares
               Preço com IVA: 7,70€
               Páginas: 288
               ISBN: 9789723830545

Margery Allingham estreia-se na nova série da coleção Vampiro
A 3 de maio a Livros do Brasil publica um novo número daVampiro: Estrada para a Morte, de Margery Allingham, terceiro romance policial da autora e o primeiro em que o detetive Albert Campion surge como protagonista.
Lançado em 1930, este livro anunciou a profícua carreira detetivesca de Campion e a afirmação da sua criadora como uma das damas da literatura policial britânica do século XX.

Sinopse: O juiz Crowdy Lobbett luta há anos para pôr fim à atividade criminal do bando de Simister em Nova Iorque e está agora na posse de provas que podem vir de uma vez por todas revelar a identidade do seu líder diabólico. Mas após sofrer quatro tentativas de homicídio, não lhe resta alternativa senão atravessar o Atlântico e procurar a ajuda de Albert Campion, detetive amador de sangue nobre, discreto e enigmático, adepto de métodos de investigação muito pouco ortodoxos.
Campion entrega Lobbett à tranquilidade da aldeia britânica de Mystery Mile, na pantanosa costa de Suffolk, mas assim que aí chega acontecimentos estranhos tomam conta do lugar: primeiro um suicídio, depois um desaparecimento e em seguida um outro. Para Campion, esta é uma corrida contra o tempo para garantir a segurança do juiz e decifrar as pistas que revelarão o nome do seu misterioso inimigo.
Contudo, estará o juiz Lobbett a deixar algo por contar? Terceiro romance policial de Margery Allingham e o primeiro em que Albert Campion surge como protagonista, Estrada para a Morte foi lançado em 1930, anunciando a profícua carreira detetivesca de Campion e a afirmação da sua criadora como uma das damas da literatura policial britânica do século XX.

Sobre a autora:  Margery Allingham nasceu em Londres a 20 de maio de 1904.
Incentivada pelo pai a escrever, publicou o primeiro conto aos treze anos numa revista e aos dezanove lançou o seu primeiro romance, Blackkerchief Dick: A Tale of Mersea Island, uma narrativa de suspense histórico. Estreou-se nas obras policiais em 1928, com The White Cottage Mystery, e no ano seguinte apresentou, em The Crime at Black Dudley, então ainda como personagem secundária, Albert Campion, o detetive que marcaria presença em cerca de duas dezenas dos seus romances e outros tantos contos. Com uma escrita marcada pela sofisticação, pela inteligência e por um apurado sentido de atenção ao detalhe, os seus policiais estão entre os mais reputados clássicos da literatura de mistério.
Margery Allingham faleceu a 30 de junho de 1966.


Já na coleção Vampiro:
No. 1: Os Crimes do Bispo, de S.S. Van Dine
No. 2: Vivenda Calamidade, de Ellery Queen
No. 3: O Falcão de Malta, de Dashiell Hammett
No. 4: O Imenso Adeus, de Raymond Chandler
No. 5: Picada Mortal, de Rex Stout 
No. 6: O Mistério dos Fósforos Queimados, de Ellery Queen
No. 7: A Liga dos Homens Assustados, de Rex Stout
No. 8: A Morte da Canária, de S. S. Van Dine 
No. 9: O Grande Mistério de Bow, de Israel Zangwill
No. 10. A Dama do Lago, de Raymond Chandler
No. 11. A Pista do Alfinete Novo, de Edgar Wallace
No. 12. Colheita Sangrenta, de Dashiell Hammett
No. 13. O Caso da Quinta Avenida, de Anna Katharine Green  
No. 14. O Caso Benson, de S.S. Van Dine 
No. 15. O Impostor, de E. Phillips Oppenheim
No. 16. A Chave de Cristal, de Dashiell Hammett
No. 17. O Crime do Escaravelho, de S.S. Van Dine
No. 18. O Gato de Diamantes, de Dorothy L. Sayers 
No. 19. A Quadrilha de Rubber, de Rex Stout 
No. 20. O Enigma do Sapato Holandês, de Ellery Queen
No. 21. Um Crime em Glenlitten, de E. Phillips Oppenheim

Melba Escobar - A Casa da Beleza [Divulgação Suma de Letras]

 

Data de publicação: 2 Maio 2018

               Título Original: La Casa de la Belleza
               Preço com IVA: 17,69€
               Páginas: 244
               ISBN: 9789896655501

Sinopse: Karen, esteticista de profissão, muda-se de Cartagena para Bogotá em busca de uma vida melhor, mas ao chegar não só consegue trabalho como depiladora n'A Casa da Beleza, como se converte na chave para resolver o mistério da morte de uma das suas clientes - uma jovem rapariga, vestida com o uniforme da escola, que aparece morta no dia a seguir a ter visitado Karen no salão.
Com quem se ia encontrar a cliente de Karen?
Entre conversas íntimas e confissões, Karen acabará por ser a confidente de uma psicanalista, da mulher dum congressista, de uma famosa apresentadora de televisão e de uma mãe desolada que busca justiça num país onde a verdade só pertence àqueles que podem pagar por ela.

Sobre a autora: Melba Escobar (Cali, 1976) estudou Literatura e finalizou os estudos com uma tese sobre o jornalismo literário. Publicou vários títulos infantis antes de escrever o seu primeiro romance, A Casa da Beleza. Na actualidade vive em Bogotá e é colaboradora habitual dos jornais El Espectador e El País. O seu romance A casa da beleza, eleito um dos melhores livros pelo Prémio de Novela da Colômbia, foi um sucesso de vendas de direitos na Feira do Livro de Londres e será publicado em mais de 16 países.

Imprensa
«Uma história terna e reveladora, escrita com um toque delicado.»
The Times

«Tão arrepiante como uma depilação com cera quente.»
Glamour 

«A escrita é inteligente, a história admirável e a autora verdadeiramente dotada para o retrato de personagens e incisiva na sua exposição da misoginia.»
Lovereading UK

«Melba Escobar oferece uma visão da sociedade colombiana, no microcosmo da Casa da Beleza, a partir de uma lente feminina, onde as relações raciais, a corrupção e o problema do género têm telhados de vidro já aceites pela sociedade. O tom confessional e sensual transmite um mundo de relações violentas, seja através de acções ou palavras, um mundo de mal-entendidos e contradições.»
Bookwitty 

«A Casa da Beleza é um e muitos livros ao mesmo tempo: uma novela social, uma história urbana, um thriller com corrupção na política em segundo plano. O romance de Melba Escobar, no entanto, é antes de mais sobre a violência com origem nas mentiras neste país, em todas as diferentes camadas da sociedade.»
Arcadia



domingo, 29 de abril de 2018

Taylor Adams - Sem Saída [Opinião]

Sinopse: AQUI

Opinião: Meus leitores, que thriller fantástico este!
Vários componentes fizeram com que este livro se destacasse dos demais thrillers que tenho lido recentemente. 
Sem Saída é a obra de estreia de Taylor Adams e, a avaliar por esta promissora história, será um autor que seguirei atentamente.

Antes de mais, comecei a leitura muito entusiasmada. Constatei que o livro estava muito bem cotado no Goodreads e alguns leitores mais audazes apontavam a leitura como extremamente gráfica, um dos ingredientes que, como sabeis, mais me impressionam. Por falar nisso, corroboro totalmente essa componente mais forte e explícita da presente obra! À medida que a história se desenvolve, um dos parâmetros que se intensifica é, de facto, o teor violento de certas passagens, tornando a leitura, em certos momentos, um pouco angustiante.

Além disso, uma das impressões mais imediatas que a narrativa confere é o ambiente claustrofóbico que se faz sentir. A história debruça-se sobre um grupo de viajantes confinado a uma estação de serviço e sem acessos devido a uma tempestade de neve. Isolados e impedidos de recorrer às telecomunicações, a única solução é passar a noite naquele local. 

Darby, a jovem protagonista que viaja para ir ter com a mãe, vê-se presa juntamente com um grupo de desconhecidos. Agradou-me muito a sensação de desconfiança que vai crescendo neste cenário. Eu própria senti-me encarcerada, juntamente com a jovem, e tive receio das intenções daquela companhia forçada. A situação adensa-se quando Darby encontra uma criança na carrinha de uma das personagens. 

Não poderia deixar de mencionar uma protagonista tão peculiar como Darby, uma jovem universitária dotada de grande coragem. Ela, que se auto-caracteriza como uma filha imperfeita, está de viagem ao encontro da mãe, doente terminal. E nós, leitores, damos por nós a torcer por um reencontro feliz. 

Sem Saída foi uma história que, acima de tudo, me fez sentir desconfortável e tensa no decorrer da leitura. Além disso, as reviravoltas inesperadas surpreenderam-me genuinamente. Um ingrediente que ainda não mencionei e que, na minha opinião, fez com que a história convergisse num crescendo de horror foi a estrutura, dividida em vários momentos da fatídica noite da tempestade. Creio que esta estrutura apelava, sem dúvida, a uma ávida leitura.

É um livro sobretudo para os leitores mais destemidos. Além das passagens de terror, outras, mais gráficas, são de difícil digestão.
Pelo que pude apurar, Sem Saída será adaptado ao grande écran. Dará, certamente, um excelente filme!

Em suma, este é um livro extremamente cinematográfico e repleto de acção num ambiente claustrofóbico. Conseguiu tirar-me o fôlego e impressionar-me pelo teor atroz em certos momentos. Não poderia deixar de lhe atribuir a cotação máxima no Goodreads, 5 estrelas e, como tal, não posso, igualmente, deixar de recomendar esta excelente obra! 


Håkan Nesser - Regresso Mortal [Divulgação TopSeller]


Data de publicação: 30 Abril 2018

               Título Original: Återkomsten
               Preço com IVA: 17,69€
               Páginas: 304
               ISBN: 9789898869968

Sinopse: Quando a lei e as instituições falham, será admissível fazer justiça com as próprias mãos?
Numa tranquila manhã de agosto, Leopold Verhaven, um alegado duplo homicida, é libertado da prisão. Em abril do ano seguinte, um corpo humano mutilado é encontrado numa vala, perto da casa do ex-recluso. Haverá alguma ligação? A certeza de que é Leopold só chega mais tarde, já que o corpo foi encontrado sem cabeça, pés ou mãos, e em avançado estado de decomposição. Mas quem teria interesse em matar um homem que passou 24 anos na prisão?
É este o mistério intrigante que o inspetor Van Veeteren se propõe desvendar, num caso em que todas as pistas o levam a regressar no tempo e a investigar o passado da vítima. Leopold Verhaven era uma estrela do atletismo antes de ser condenado pelo assassínio de duas das suas namoradas. Contudo, nunca confessou os crimes, declarando sempre a sua inocência.
Este facto leva a que uma terrível suspeita persiga Van Veeteren: e se Leopold Verhaven tivesse dito a verdade e fosse realmente inocente? Teria sido morto por vingança? Ou teria sido brutalmente assassinado por alguém achar que a sua pena não tinha sido suficiente?

Sobre o autor: Håkan Nesser é autor de mais de 30 livros, sobretudo policiais, traduzidos para 25 línguas e aclamados pela crítica em diversos países.
A sua obra tem sido galardoada com vários prémios, entre os quais o Ripper (Melhor Ficção Policial Europeia), o Prémio da Academia Sueca de Literatura Policial, e ainda o Prémio Glass Key (Melhor Romance Policial da Escandinávia).
Håkan Nesser nasceu na Suécia, onde reside com a mulher e os filhos.
Mais sobre o autor em: www.nesser.se